Início Dicas Como ter seu site aprovado no Google

Como ter seu site aprovado no Google

Hoje em dia ter um site aprovado no Google não é tão simples quanto antigamente. Sobretudo pelos mecanismos que ele desenvolve para melhorar a experiência do usuário.

Mas, se o seu objetivo é monetizar seu conteúdo, então obter aceitação nas principais redes do Google é fundamental. Para ajudar você nesse quesito, separamos nesse artigo algumas dicas.

São recomendações simples, mas que podem contribuir para que tenha seu site aprovado nas principais redes de anúncios do Google, como Ad Exchange (AdX) e AdSense. Vem conferir!

Criar um conteúdo que interesse o público é fundamental para ser aprovado no Google

A aprovação do site pelo Google começa por aqui. Para monetizar um conteúdo na internet é fundamental que seja aceito pelas redes de anúncio do Google. Até porque 95% dos sites brasileiros pertencem a essas redes.

Desse modo, eles são mais visitados e possuem um tráfego maior de usuários. O que, por sua vez, acaba despertando o interesse dos anunciantes online.

Todavia, é muito comum que os publishers encontrem algumas dificuldades durante a aprovação dentro do Ad Exchange e Google AdSense. Sobretudo porque não atendem as exigências da plataforma.

Ser aprovado pelo Google AdX ou Google Adsense tem diferença?

Tanto o AdSense, como o Ad Exchange, são serviços de publicidade que funcionam com mídia programática. No entanto, cada uma foca em públicos diferentes.

O Ad Exchange é para publishers com grande volume de vendas, que com o uso da Ad Manager, administra as diferentes redes.

O acesso ao Ad Exchange requer uma certificação ou parceria certificada, como Alright. Além disso, é preciso cumprir exigências do Google e boas práticas de edição.

Enquanto isso, o AdSense é mais popular e melhor aprovado por blogs e sites que estão se consolidando em relação ao tráfego. Isso não quer dizer que não haja rigor para aprovação na plataforma.

Dicas de como ter seu site aprovado no Google

Agora que já compreende a diferença entre os serviços de publicidade do Google, listamos abaixo algumas dicas para ter seu site aprovado em programas de anúncio do Google. E a primeira delas é:

Tenha conteúdo de qualidade, relevante e original

O conteúdo para site aprovado no Google deve estar de acordo com as políticas de conteúdo da plataforma. Ou seja, o conteúdo precisa ter:

Originalidade

O Google não autoriza sites que fazem plágio de conteúdo. Além de não aprovar o site, o Google não ranqueia bem sites com conteúdos sem originalidade. Então, há comprometimento na hora de ser encontrado organicamente na internet.

Qualidade e relevância

O conteúdo para ser bem ranqueado e aceito pelo Google precisa ter qualidade e relevância. No geral, o Google mede a relevância através do tempo de navegação do usuário dentro da página.

Quando essa média é alta significa que os usuários consideraram aquele conteúdo adequado e de qualidade. Dessa forma, melhora o ranqueamento e aumenta a chance do site aprovado no Google qualidade.

Volume de publicações

No Google, não é só a qualidade que importa, mas também a constância e quantidade. Para facilitar que você tenha um site aprovado no Google é necessário ter conteúdos suficientes, com postagens regulares.

Sendo assim, antes de ingressar no Ad Exchange ou AdSense tenha ao menos 15 postagens no seu site ou blog. Depois disso, mantenha a produção regularmente. Porque quanto mais melhor!

Procure manter as práticas de SEO em dia

SEO diz respeito a técnicas que facilitam que o usuário encontre o conteúdo, melhorando o tráfego orgânico.

É fundamental que use títulos adequados e palavras-chave de acordo com o texto. Assim, fica mais fácil de ser aprovado pelo Google.

Foque na Experiência do Usuário

Os layouts do site precisam ser bem estruturados e apresentar qualidade. Sobretudo porque o algoritmo do Google está cada vez mais avançado e focado em melhorar a experiência do usuário.

Não se preocupe apenas com aparência, mas também com o fato de oferecer um site responsivo e adaptável a qualquer dispositivo.

O visual deve ser clean e fácil de navegar. Vale destacar a importância de descrever sobre os autores da página e os termos de serviços. Assim como, política de cookies.

Diversifique as fontes de tráfego

O tipo de tráfego melhora o aceite do Google, mas não foque em apenas um, use tráfegos de:

  • E-mail marketing.
  • Referência;
  • Social media;
  • direto;
  • orgânico;
  • pago.

Coloque as dicas acima em prática e amplie suas chances de ter um site aprovado pelo Google para começar a faturar com ele hoje mesmo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Must Read

Confira 6 formas gratuitas para divulgar site e aumentar seu tráfego

A divulgação de um site é um dos fatores que ajuda a garantir maior tráfego, o que é algo relevante. Ainda mais...

O que é CTR e como aumentar a sua taxa de cliques

Embora muitas pessoas não saibam o que é CTR, esta é uma das métricas mais importantes no marketing digital.

O que é Sitemap e por que meu site precisa disso?

O sitemap é uma ferramenta muito importante que ajuda no posicionamento orgânico dos sites. Por meio dele, você consegue acelerar a indexação...

Fim dos cookies: o que já se sabe sobre o assunto?

Os cookies de terceiros são uma indústria que mantém a publicidade virtual e gera um valor mensurado em bilhões de dólares. Em...

Google Analytics: para que serve essa plataforma?

O Google Analytics é considerado atualmente uma das formas mais eficientes de monitorar o desempenho de um site. Afinal, além de compilar...